Motoristas terceirizados do Samu protestam contra fim de gratificação

Motoristas terceirizados do Samu protestam contra fim de gratificação
Condutores terceirizados do Samu protestam em frente a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa)(foto: Aurélio Alves/O POVO)

Trabalhadores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram em frente à Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), no Meireles, nesta quinta-feira, 5. Os manifestantes protestaram contra a retirada de uma gratificação. A Sesa recebeu os representantes do Sindicato dos Motoristas de Ambulância (Simam) para alinhamento sobre o pagamento.

"Nós dirigimos e também fomos treinados para fazer o atendimento ajudando as equipes de saúde. Agora, eles querem tirar essa bonificação. Veio faltando uma gratificação chamada de adicional de função", afirmou um dos motoristas, Elizio Lima.

 

Condutores terceirizados do Samu protestam em frente a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa)

Condutores terceirizados do Samu protestam em frente a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) (Foto: Aurélio Alves/O POVO)

Outro motorista de ambulância explicou que os profissionais receberam a informação da empresa terceirizada sobre o término do contrato, e uma parcela dos condutores teria ficado sem a bonificação. "Nós fazemos cursos e provas para nos prepararmos para executar nossa função. Nossa atuação não é só guiar o veículo, mas guiar a segurança da cena, da equipe, segurança de via, atuação junto ao paciente. A única coisa que a gente não faz é executar os trâmites que o técnico de enfermagem, enfermeiros e médicos", complementa.

 

Condutores terceirizados do Samu protestam em frente a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa)

Condutores terceirizados do Samu protestam em frente a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) (Foto: Aurélio Alves/O POVO)

Por: O POVO ONLINE