Corpo do piloto de rally morto no Ceará é enterrado no ES neste domingo

Familiares e amigos fazem cortejo em enterro de piloto, na manhã deste domingo (30). Daniel Santos, de 36 anos, foi encontrado morto após desaparecer durante um rally no interior do Ceará

Corpo do piloto de rally morto no Ceará é enterrado no ES neste domingo
Amigos e familiares fizeram cortejo no adeus a piloto do ES encontrado morto durante rally no Ceará(foto: Eduardo Dias/ TV Gazeta)

Ocorpo de Daniel Santos, de 36 anos, foi enterrado na manhã deste domingo (30) na cidade de São Mateus, na Região Norte do Espírito Santo, sua terra natal.

A despedida contou com a participação de vários amigos e familiares que fizeram um cortejo na chegada do corpo do piloto ao cemitério da cidade.

Empresário do ramo de motos, Daniel tinha lojas em Nova Venécia e São Mateus, onde nasceu e morava atualmente. Faixas de luto foram colocadas nos estabelecimentos.

Daniel participava do tradicional rally Cerapió, em uma etapa que cruzava a cidade cearense de Viçosa. Ele desapareceu no dia 26 de janeiro e seu corpo foi encontrado no dia 27 à noite, em uma área de trilha.

Daniel, de 36 anos, era natural de Nova Venécia, no Espírito Santo. Ele estava desaparecido desde a última quarta-feira, quando não chegou ao lugar de encontro do fim do percurso realizado. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar realizaram buscas e acharam o piloto morto na localidade de Fazenda Velha.

O piloto estava deitado e não havia sinais de violência no corpo, nem de acidente ou de possíveis crimes. A moto estava em pé, com o capacete ao lado. A causa da morte está sendo apurada.

O laudo que informará a causa da morte do piloto deve estar pronto em dez dias e em seguida será encaminhado à Polícia para ser anexado à investigação do caso.

Alessandro Bonomo, amigo de Daniel, disse que o motocross era a grande paixão dele. "Era o esporte que era a paixão da vida dele. Era um camarada de coração gigante. Era uma pessoa que se importava com a gente e com o próximo. Abria mão às vezes dele mesmo para poder ajudar o próximo", disse.

No Cerapió, os participantes fazem o percurso entre os estados do Ceará e Piauí. A prova é uma das mais tradicionais da modalidade no País e este ano completou sua 35ª edição.

Por: Opovo Online