Vacina contra Alzheimer será testada em humanos na Finlândia

Voluntários estão sendo recrutados pela biofarmacêutica Alzinova para a etapa de ensaio clínico

Vacina contra Alzheimer será testada em humanos na Finlândia
Foto: Wikpédia

Voluntários estão sendo recrutados pela biofarmacêutica sueca Alzinova para participar de do ensaio clínico de uma potencial vacina contra o Alzheimer. Chamada ‘ALZ-101’, a vacina está sendo estudada na Finlândia, segundo o jornal O Globo, e já tem um voluntário garantido. A ideia é testar o imunobiológico em pacientes com a doença em estágio inicial

Nessa fase do estudo, o objetivo dos cientistas é testar a segurança e a tolerabilidade da vacina, que pretende combater diretamente as cadeias de proteínas que, no momento em que se acumulam no cérebro, provocam as manifestações clínicas do Alzheimer. 

Em comunicado à imprensa, a CEO da Alzinova, Kristina Torfgård, destacou que o estudo atende a uma necessidade médica grande. “Estamos ansiosos para continuar o desenvolvimento deste potencial tratamento modificador da doença com o objetivo de longo prazo de tratar e prevenir o início e a progressão desta doença devastadora”, afirmou. 

METODOLOGIA 

Nesta etapa do estudo, a Alzinova quer avaliar como 26 pacientes em estágio inicial do Alzheimer reagem à vacina. Nos estudos pré-clínicos, que antecederam esta fase, não houve indícios de toxicidade ou inflamação associados ao imunizante. 

Somente depois de atestada a segurança e a tolerabilidade é que os cientistas devem avaliar a resposta imunológica do organismo após múltiplas doses da vacina. 

Os voluntários dos ensaios clínicos devem tomar quatro doses cada ou o placebo pelo período de cinco meses. Os resultados devem ser divulgados no segundo semestre de 2023.