Governo do Ceará entrega 24 caminhões para apoiar agricultura familiar

Governo do Ceará entrega 24 caminhões para apoiar agricultura familiar

Para fortalecer a agricultura familiar, o governo do estado entregou, ontem, um caminhão a cada um dos 24 municípios selecionados por meio de um edital da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), em parceria com o Ministério da Cidadania. Os veículos servirão para auxiliar o recebimento e distribuição da produção de gêneros alimentícios comercializados através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A solenidade contou com a presença do governador em exercício Evandro Leitão, do titular da SDA, De Assis Diniz, e de representantes das cidades beneficiadas. No total, foram investidos cerca de R$ 4,3 milhões na compra dos veículos.

Além de fortalecer o trabalho de agricultores familiares, os veículos servirão também para estruturar as centrais de recebimento e distribuição do PAA. Os automóveis vão contribuir para que a produção seja escoada seguindo as normas sanitárias, ocasionando menor risco de perecibilidade e, consequentemente, diminuindo perdas.

O governador em exercício reforçou a relevância do fortalecimento dessa política na garantia de levar alimento à mesa das famílias cearenses mais carentes. “Essa entrega nos faz ter a certeza de que estamos no caminho certo. Esses veículos irão favorecer a população para que possa receber os seus alimentos em uma velocidade maior, trazendo segurança alimentar e nutricional. Daí a gente vê a magnitude e importância desse programa. Na primeira fase foram quase 50 veículos distribuídos e agora mais 24”, comentou.

Estima-se que 4.798 agricultores familiares utilizarão os caminhões para escoar a produção, beneficiando quase 139 mil pessoas. De Assis Diniz falou sobre a transformação social no campo através do PAA. “Hoje, o Governo do Estado olha a agricultura e o desenvolvimento agrário na perspectiva de que eles se transformem cada vez mais em ferramentas para agregar valor ao homem do campo. Nós sabemos que essa política leva a quem mais precisa a qualidade de vida e estruturação de ciclos produtivos para que a gente possa compreender a estrutura lá na ponta, que leva sustentabilidade e garante renda”, enfatizou o secretário.

Por: O Estadoce