Araripina: Após ser flagrada em festa clandestina pela PM, mulher debocha da pandemia e da fiscalização

Araripina: Após ser flagrada em festa clandestina pela PM, mulher debocha da pandemia e da fiscalização

No momento em que o mundo ultrapassa 2,5 milhões de mortes pela Covid-19 e que o Brasil vive o pior período desde o início da pandemia, um vídeo está circulando nas redes sociais em que uma mulher, na zona rural de Araripina – cidade onde está com 100% dos leitos de UTI ocupados e precisando transferir pacientes – grava o instante em que a Polícia Militar deixa o local onde possivelmente estaria acontecendo uma festa clandestina.

No vídeo, em tom de deboche, a mulher fala: “É porque assim: no moído que eu tiver e a polícia não chegar é porque não foi desmantelo. Foi desmantelo!  gravando essa porra!  nem aí! É aglomeração mesmo. Quem liga?  nem aí!”.

Além dos leitos de UTI lotados, os leitos intermediários no Hospital e Maternidade Santa Maria para tratamento da Covid também estão com 100% de ocupação. Em boletim divulgado nesse domingo (07), foram infectadas pelo novo coronavírus, desde o início da pandemia em Araripina, 4.103 pessoas. Ao todo, foram registradas 64 mortes e 113 casos estão em investigação.

Por:  AF Newss

Vídeo

https://youtu.be/TsMlWZXA07E